Chemical Risk

atendimento@chemicalrisk.com.br
+55 (11) 4506-3196 / (11) 94732-0686 / (11) 94706-2278

Conheça a importância do treinamento de segurança química

Atualmente, os produtos químicos desempenham um papel importante em nossas vidas cotidianas. Tudo, desde produtos de limpeza em nossas casas até produtos químicos industriais nos locais de trabalho, contém ingredientes potencialmente perigosos, com a possibilidade de causar danos aos usuários. Por isso, o treinamento de segurança química se torna essencial.

Afinal, a conscientização de colaboradores em relação aos riscos químicos a que estão expostos ao realizarem suas tarefas é fundamental para qualquer empresa que utilize ou fabrique produtos químicos, em qualquer segmento industrial. 

Essa importância é comprovada quando observamos o número de treinamentos obrigatórios, que devem ser realizados, conforme Norma Regulamentadora 1 (NR-1) do Ministério da Economia. Segundo a legislação, a empresa precisa deixar claro para o colaborador quais os riscos do ambiente ao qual ele está exposto. 

Além disso, o trabalhador precisa saber todas as medidas que são tomadas para prevenir doenças e acidentes de trabalho. 

Leitura recomendada: Riscos dos produtos químicos no ambiente de trabalho: legislação e penalidades

Qual o treinamento de segurança química obrigatório?

Seguem abaixo alguns dos treinamentos exigidos em NRs específicas:  

  • NR-6 – Treinamento para o uso de Equipamentos Individuais de Segurança (EPI).
  • NR-11 – Treinamento para Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais
  • NR-20 – Treinamento para Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis.
  • NR-23 – Treinamento para Proteção Contra Incêndios.
  • NR-26 – Treinamento para compreensão da Rotulagem preventiva e a Ficha com Dados de Segurança do Produto Químico (FISPQ), e Treinamento sobre os Perigos, Riscos, Medidas Preventivas para o uso seguro e Procedimentos para atuação em Situações de Emergência com o produto químico.

Nesse cenário, em um ambiente de trabalho, é importante garantir que os colaboradores tenham conhecimento adequado dos riscos potenciais associados aos produtos químicos para garantir manuseio e uso seguros. 

Isso pode ser alcançado com a introdução de um programa de treinamento de segurança química, fornecido a todos os colaboradores que possam estar expostos a produtos químicos perigosos

Além do mais, as empresas podem usar processos documentados, como procedimentos operacionais padrão, treinamento em avaliações de riscos químicos e campanhas de sinalização. O que serve para aumentar a conscientização da equipe em relação à segurança química.

Leitura recomendada: Segurança no manuseio de produtos químicos: 10 dicas úteis

E como conscientizar os colaboradores na questão dos riscos químicos?

Qualquer programa de treinamento precisa ser planejado e adequado ao ambiente em que você e seus colaboradores estão trabalhando. 

O treinamento de segurança química para conscientização deve ser apoiado por um curso específico de função sobre os produtos químicos usados pelos colaboradores e sobre as características das tarefas para que sejam avaliados os potenciais riscos inerentes àquela tarefa. 

É importante garantir que sua equipe tenha entendido o que você apresentou durante o treinamento. Isso pode ocorrer na forma de uma breve avaliação escrita, assim como na análise periódica da mudança de comportamento dos colaboradores na realização de suas tarefas. 

O que deve ser abordado em um treinamento dessa natureza?

De forma resumida, alguns tópicos que devem ser abordados, são: 

  • Introdução à segurança química e produtos químicos utilizados no local de trabalho.
  • Legislação existente e deveres participantes.
  • Sistema de classificação e rotulagem do Sistema Harmonizado Global (GHS).
  • Os riscos potenciais associados a cada classe de perigo.
  • Rotas de exposição.
  • Os controles existentes para proteção da saúde e a segurança dos funcionários.
  • Segregação e armazenamento de produtos químicos.
  • Uso de equipamentos de proteção individual e de proteção coletiva.
  • Entre outros.

Os treinamentos específicos também são necessários, conforme citado acima, como por exemplo, utilização e conservação de equipamentos de proteção individual (EPI), manuseio de inflamáveis, rotulagem, toxicologia ocupacional, risco ambiental etc.

Como tornar os treinamentos mais efetivos?

Os treinamentos em segurança química trazem melhores resultados quando:

  • Personalizados para os produtos químicos que são utilizados nos locais de trabalho, tornando as informações mais “reais”.
  • São promovidas discussões abertas com os participantes como parte do curso.
  • Quando são apresentadas situações do cotidiano presentes nos locais de trabalho.
  • Existe a inclusão de alguma parte prática no treinamento.
  • O humor é incluído como parte do treinamento, sem afastar a seriedade do assunto que está sendo discutido.

É importante manter os registros de todos os treinamentos de segurança química realizados pela equipe para garantir a capacitação de todos. Tais informações devem permanecer além da duração do emprego dos funcionários. 

Também devem ser planejados os treinamentos de reciclagem e uma boa prática é que sejam atualizados a cada ano ou dois anos. O treinamento de reciclagem deve ser realizado pelos colaboradores, quando: 

  • Existir alterações nos tipos de produtos químicos utilizados
  • Ocorrer alterações nos processos associados ao uso dos produtos químicos.
  • Por ocasião de revisão nas Normas específicas a esse assunto, como por exemplo a série de normas ABNT NBR 14725.
  • Houver revisão nas Normas Regulamentadoras do Ministérios da Economia, entre outras.

Leitura recomendada: Gestão de produtos químicos: autoconfiança x segurança do trabalho

Quais são as vantagens obtidas com a conscientização dos colaboradores?

A conscientização dos colaboradores com o treinamento de segurança química vai muito além da manutenção da integridade física dos mesmos e da preservação do patrimônio da empresa. 

O treinamento oferece diversas vantagens para o colaborador e para a companhia, tais como:

  • Desenvolve uma cultura de segurança;
  • Previne a ocorrência de acidentes;
  • Auxilia na adoção de iniciativas, em caso de acidentes;
  • Redução nos custos resultantes dos acidentes de trabalho;
  • Evita o afastamento de colaboradores;
  • Melhoria na qualidade dos processos e produtos;
  • Aumento da produtividade no trabalho;
  • Motivação dos colaboradores nas políticas de melhoria contínua;
  • Proporciona o bem-estar dos colaboradores e melhora sua qualidade de vida.

Quais são os riscos para a não realização?

No entanto, a ausência de treinamento tem como principal consequência a ocorrência de acidentes de trabalho. Assim, a saúde e a vida do colaborador ficam ameaçados diretamente, com grande impacto no patrimônio da empresa.

É claro que, além disso, deixar de capacitar e treinar os colaboradores pode resultar em autuação pela fiscalização trabalhista. O que significa perda de dinheiro e oneração do custo final de seus produtos ou serviços.

Por sua vez e não menos importante, a imagem da empresa fica comprometida gerando uma sensação de descaso com os colaboradores. E, nesse caso, dificilmente se consegue obter o comprometimento dos colaboradores para uma adequada execução de qualquer tarefa.

A conscientização prevê a aquisição de conhecimento e isso faz com que o colaborador se sinta parte do processo. Com isso, se estabelece um sentimento de pertencimento e consequentemente um senso de propriedade no processo em que atua e que está sob sua responsabilidade. 

Como realizar o treinamento de segurança química?

Você certamente já compreendeu a importância do treinamento de segurança química para os colaboradores de sua empresa. Para que essa política de prevenção seja colocada em prática, é preciso a colaboração e engajamento de todos! 

Para garantir a eficácia dos cursos e treinamentos, também é importante contar com uma assessoria especializada em segurança química.

Com profissionais altamente qualificados e experientes, a Chemical Risk é uma consultoria em segurança química, responsável por ajudar a sua organização em todos os aspectos da gestão do risco químico. Entre eles, está o treinamento de segurança.

Nossos treinamentos in company incluem diversas modalidades, como por exemplo:

  • Produtos químicos: classificação GHS, rotulagem e FISPQ
  • Manuseio seguro de produtos químicos
  • Gestão do risco químico
  • Manuseio de cianeto
  • Atendimento a líquidos inflamáveis
  • Riscos do benzeno
  • Toxicologia ocupacional
  • Utilização e descarte seguro de EPI
  • Percepção de risco químico
  • Cursos na área de segurança do trabalho
  • E muito mais!

Também elaboramos os documentos de segurança química e temos inúmeros serviços de segurança química, assuntos regulatórios, saúde e segurança ocupacional, entre outros.

Precisa de um orçamento ou quer tirar alguma dúvida? Entre em contato agora mesmo!

Gostou deste artigo?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest

comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *